Benefícios de aprender música

A música, sem sombra de dúvidas, é benéfica para qualquer pessoa, muitas vezes, nem sequer imaginamos.

Independente da idade e cultura, nós, humanos, já apreciamos as qualidades que uma boa música exprime. Tanto é que o pensador chinês Confúcio havia dito: “A música imagina um tipo de gosto que a classe humana não pode prescindir.”

Hoje está cientificamente e inquestionável que a música ajuda o corpo a liberar dopamina, uma das substâncias associadas ao gosto, descanso e bem estar.

O que sabemos é que seguir som, além de provocar essas ótimas sensações, também desenvolve o seu cérebro em vários aspectos.

Além do postura, tocar um instrumento musical ou cantar é comprovadamente uma exercício excelente para todos nós. Se você tem interesse em aprender mais sobre música, sugerimos o Curso Mais que Música.

As vantagens de estudar são gigantescas. Vamos ver juntos as principais vantagens:

Desenvolve suas aptidões sociais

Prazer pela música

Uma das principais características de exercitar e se aperfeiçoar em um instrumento musical, é a capacidade de tocá-lo em público para que outras pessoas possam desfrutar da sua arte.

Pode ser em sua casa, para seus familiares e colegas, ou na rua para aqueles que passam por lá. O feito é que enternecer para outras pessoas te auxilia a passar a ter desenvoltura e de modo consequente, a se comunicar melhor com aqueles que estão próximos a você. Essas aptidões serão benéficas para toda a sua vida.

Conseguir exercitar a tocar bem pode melhorar sua auto-estima. A firmeza em si mesmo que virá com isto, similarmente pode ser bastante proveitosa nas relações interpessoais.

Fortalece a memória

Pesquisas evidenciam que tocar desenvolve o cérebro em várias áreas, seja na parte cognitiva quanto na parte motora. Uma pesquisa realizado na Califórnia com crianças entre 3 e 4 anos de idade mostrou que aqueles que tinham havido aulas de teclado toda semana mostraram maior retorno que aqueles que não tinham havido nenhuma exposição de som.

Isso, por si só, já exercita muito a memória, uma vez que ao exercitar uma som estamos tentando decorar seus acordes e depois, reproduzi-lo sem ter que ler a partitura (ou outra formatação).

Treinos musicais são um excelente treino para a memória. Geralmente, quem conserva na cabeça as músicas não tem tanta necessidade de ler partituras. O fundamental é exercitar sempre. Ambas os costumes são benéficos para o seu cérebro e sua percepção.

As pesquisas também apontam que o cérebro de um musicista tem mais conexões entre o lado canhoto e o direito o que benefício suas aptidões cognitivas.

Alivia o stress

Assim como nas outras artes, o som permite exercitar sua expressão, mostrar sentimentos e aliviar suas emoções.

Isto é uma ótima forma de amenizar os problemas do nosso dia-a-dia, de descansar a mente e atingir bem estar.

Tanto é que a som é usada para o tratamento de várias doenças psicológicas. A musicoterapia já provou ser bastante eficaz no tratamento de crianças com autismo, adultos com stress e impaciência e indivíduos com saldo negativo de atenção.

Foco e concentração

Para estudar música é preciso, muitas vezes,  se concentrar em várias situações ao mesmo tempo.

O ritmo, a equilíbrio, a concerto, o orientação, sua postura, respiração, sua significado, entre outras negócios.

Cada instrumento musical tem a sua particularidade e também seus desafios, porém todos evidencia uma coisa em comum: é necessário bastante foco para exercitar a tocá-los bem.

É preciso ajeitar o seu tempo de pesquisa e ter assiduidade no treino. Essa disciplina e disposição que se adquire serão bastante benéficos para a experiência de mais competências e para outras trabalhos da vida, em maior parte.

Te deixa muito mais feliz

O gosto de tocar música que você aprecia, de substituir essa experiência com os indivíduos ao seu redor e sentir-se capaz de realizar aquela coisa é uma percepção bastante gratificante.

Se entregar e escutar os aplausos da plateia, consegue ser ainda uma experiência muito mais intensa.

Além disso, está comprovado cientificamente que seguir uma música que gostamos libera dopamina em nosso corpo, a elemento associada ao gosto e bem estar. Porém no momento em que você refere-se um instrumento como se absorvesse também mais este benefício.

Esperamos que você tenha gostado do nosso artigo. Se gostou, compartilhe com seus amigos em suas redes sociais favoritas.