Relações Virtuais

O sexo virtual é uma atividade sexual na qual duas ou mais pessoas se encontram através da mídia para transmitir mensagens sexualmente explícitas. O termo “sexo virtual” descreve o fenómeno e os meios de comunicação utilizados.

Tipos de práticas

Existem basicamente quatro tipos de sexo virtual:

Camming, que envolve sites que oferecem serviços de video chat.

Cybersex é o tipo de sexo virtual que existe em mundos virtuais como o Second Life, onde há uma troca de mensagens sexualmente explícitas ou onde os avatares de um jogo simulam atividades sexualmente explícitas.

Sexphone, é uma conversa entre duas ou mais pessoas ao telefone, na qual são descritos actos sexuais.

Sexting, onde mensagens sexualmente explícitas são enviadas por telefone.

O aumento das ligações à Internet, a disponibilidade da banda larga e a difusão das webcams estão a ter um impacto nos fãs de sexo virtual. Neste tipo de atividade, a troca de fotos e vídeos explícitos é cada vez mais comum. Além disso, surgiu um novo tipo de indústria para adultos: existem empresas que permitem aos seus clientes ver sexo ou masturbação ao vivo enquanto são observados.

Vantagens

As principais vantagens do sexo virtual são:

  • Permite a realização de fantasias sexuais sem contato físico e anonimamente.
  • Por ser uma prática sexual não penetrante, as pessoas não precisam se preocupar com a transmissão de doenças sexualmente transmissíveis.
  • Ajuda-os a perder a timidez.